top of page

4 mitos sobre o CBD

Atualizado: 28 de mar. de 2023

Ainda existem muitas informações distorcidas sobre o canabidiol. Desmistificamos algumas!




Por conta da proibição, apenas recentemente o canabidiol tem sido explorado na área medicinal.


Por isso, ainda vemos muitas informações equivocadas sobre esse canabinóide.


Vamos desmistificar 5 questões errôneas sobre o CBD.


1. O CBD pode te deixar chapado

Um dos equívocos mais comuns sobre o CBD é que ele deixa você “alto”. Esse equívoco geralmente decorre do fato de que o CBD vem da planta de cannabis. No entanto, a cannabis tem muito mais usos além de deixar chapado. Na verdade, o principal responsável por esse efeito é o THC.


O CBD age em receptores canabinóides diferentes do THC no nosso organismo, e geralmente traz uma sensação de calma e relaxamento.


2. O CBD é melhor isolado

Embora para algumas pessoas seja, de fato, melhor o tratamento com o canabidiol isolado dos outros compostos da planta, sabe-se que os canabinóides e terpenos (e outros componentes da cannabis) apresentam melhores resultados em conjunto.


Isso é o que se chama de Efeito Comitiva ou Efeito Entourage.


3. Todo o CBD é igual


Existem três tipos principais de CBD, que são espectro completo (full spectrum), amplo espectro (broad spectrum) e CBD isolado.


O CBD de espectro total contém todas as partes da planta da maconha, incluindo o THC (mesmo que em baixas concentrações). No entanto, não pense que esse tipo de CBD fará você se sentir chapado. Segundo a regulamentação atual, todo CBD de espectro completo deve conter não mais que 0,3% de THC.


O CBD amplo espectro contém todos os compostos da cannabis exceto o THC.


Por fim, há o CBD isolado. Como mencionamos acima, ele pode ser o mais indicado para determinados pacientes e determinados casos de saúde.


4. O CBD é o único composto medicinal da cannabis

Algumas pessoas pensam que a única parte “boa” da cannabis é o CBD, o que não é verdade.


Existem muitos canabinóides e outros compostos desejáveis encontrados na planta:


CBC: O canabicromeno é um canabinóide que pode ajudar a melhorar a neurogênese. Também é demonstrado que tem propriedades anti-inflamatórias.


CBG: Outro canabinóide não ativo popular é o canabigerol. Atualmente, os pesquisadores estão testando os efeitos do cannabigerol como tratamento para câncer, SII e doença de Crohn.


CBN: O canabinol é outro canabinóide que se parece mais com o THC do que com o CBD. Isso significa que o CBN tem propriedades psicoativas. Com isso dito, os efeitos psicoativos do canabinol são menos fortes do que os encontrados no THC.


Quer saber mais sobre o uso medicinal do CBD? Agende uma consulta com um(a) médico(a) especialista!


103 visualizações0 comentário
bottom of page